CLASSIFICAÇÃO DAS DROGAS

25/07/2013 01:48

Estimulantes

·         Anfetaminas, inibidores de apetite (Rebites, Moderine, Pervitin, Dualid, etc).

·         Cocaína e derivados (crack, merla (pasta base), dissolvida e injetada).

·         Tabaco  (cigarros comuns legalizados e industrializados).

·         Cafeína (Chá ou café, origem vegetal, inibe o sono).

·         Efedrina ( Comprimidos, muito usada por atletas para melhorar o rendimento em                competições).

A efedrina é uma substância muito usada pelos atletas e praticantes de academia no geral. Porém poucos sabem realmente os verdadeiros efeitos que essa droga pode causar. A efedrina pode ser uma grande aliada ao seu treino, mas também pode ser perigosa para sua saúde. Conheça os poderosos e perigosos efeitos da efedrina.

A efedrina possui uma poderosa ação termogênica que se for usada de forma correta pode proporcionar uma grande queima de gordura. Porém pode causar uma dependência bem forte ao usuário.

Efeitos colaterais da Efedrina:

Seu uso contínuo causa perda de apetite, insônia, etc. Já nos casos de super dosagem, pode causar alucinações, tremores, alterações de humor, tontura, vertigem, taquicardia, hipertensão e até levar a morte.
Estudos dizem que a efedrina possui efeitos bem similares ao da cocaína, droga que causa estimulação alfa e beta adrenérgica, causando uma aceleração no seu corpo todo levando a aumento da pressão arterial, aumento da freqüência cardíaca, vaso espasmo coronariano, isquemia, infarto e arritmias.

 

·         Anabolizantes  ( Proibidos por lei e considerados de alto risco, são usados para ganhar massa muscular por atletas ou sedentários procurando a estética ideal). Os anabolizantes são drogas estimulantes sintéticas relacionadas ao hormônio masculino - testosterona. São tomados em comprimidos ou injeções. Aumentam os músculos, a força e a resistência, mas têm efeitos colaterais graves.

   No homem, os testículos diminuem de tamanho e pode ocorrer impotência, infertilidade, calvície, desenvolvimento de mamas, deformação muscular, dificuldade ou dor para urinar e aumento da próstata.

    Na mulher, é comum o crescimento de pêlos faciais, alterações ou ausência do ciclo menstrual, aumento do clitóris, voz grossa, diminuição dos seios.

    Em pré-adolescentes e adolescentes de ambos os sexos: finaliza, prematuramente, o crescimento deixando-os com estatura baixa para o resto de suas vidas. Podem levar à  puberdade acelerada.

    Em homens e mulheres de qualquer idade: aparecimento de tumores (câncer) no fígado, perturbação da coagulação do sangue, alteração no colesterol, hipertensão, ataque cardíaco, acne, oleosidade do cabelo e aumento de agressividade que pode manifestar-se em brigas.

    Quais são os efeitos dos esteróides anabolizantes sobre o comportamento e mente?

    Essas drogas, principalmente em altas doses, aumentam a irritabilidade e agressividade. Esses usuários podem cometer atos agressivos como luta física, roubo, ou utilizar a força para obter alguma coisa.

 

    Ainda em altas doses, os usuários podem desenvolver outros comportamentos como: euforia, aumento da energia, alteração de humor, distração, esquecimento e confusão.

    Quando param podem sentir fadiga, perda de apetite, insônia, redução do desejo sexual, e ainda uma grande vontade de continuar usando anabolizantes. O sintoma mais perigoso que pode surgir quando da parada dessas drogas é a depressão que em casos extremos pode levar à tentativa de suicídio. Nesses casos é necessária a ajuda de um profissional para parar de usar anabolizantes.

 

Depressoras –

·         Álcool (bebidas alcoólicas industrializadas e comercializadas legalmente).

·         Solventes e inalantes (Lança perfume, tintas, colas, esmaltes, acetona, tíneres, gasolina, removedores, vernizes, etc).

·         Tranqüilizantes e/ou Ansiolíticos (Benzodiazepínicos ou clordizepóxido – modelo de benzodiazepinicos). Ex: Diazepam, Clobazam, bromazepam, lorazepam, etc. ou Valium, Dienpax, Frontal, Lorax, etc.

·         Calmantes e sedativos (dor – analgésico, causar sono – sonífero, ansiedade – ansiolíticos, epilepsia – antiepilépticas e  Barbitúricos – diretamente no S.N.C).

·         Ópio – Opiáceos (morfina, codeína, heroína). São drogas que aliviam a dor e dão sonolência. Derivam do ópio, um suco leitoso extraído da papoula do oriente. Muitos de seus derivados são usados como remédios.

 

Perturbadoras –

·         Maconha (planta natural – nome cientifico Cannabis Sativa - Princípio ativo THC –    tetraidrocanabinol).

·         Cogumelos e Plantas Alucinógenas (Psicodélicas em Grego – psico = mente – delos = expansão, Alucinógenos Sintéticos – LSD-25, Alucinógenos Secundários – Artane – Planta Datura - Sintético, Mescalina – Cacto,  Jurema – Planta Mimosa Hostilis).

·         MDMA (3,4 – metilenodioxometanfetamina – êxtase – Alucinógeno Sintético e Estimulante). Obs: Nos comprimidos de êxtase vendidos atualmente pode-se encontrar substâncias como metanfetamina, anfetamina, cafeína, efedrina e LSD, (podendo causar um efeito bem parecido com o original do MDMA).

·         Anticolinérgicos (plantas: Datura, Lírio, Cartucho, Saia-branca, Zabumba – Medicamentos: Artane, Akineton, Bentyl).